quarta-feira, 27 de novembro de 2013


Nesta segunda-feira, dia 25 de novembro, o núcleo do 184, da Cooperativa Paulista de Teatro, realizou no teatro Heleny Guariba, a Leitura Dramática da obra Sinal de Vida, de Lauro Cesar Muniz. A obra foi escrita em 1972 e proibida pela censura. Em 1969 ela foi encenada sob a direção de Oswaldo Mendes. Ela trata da questão dos desaparecidos políticos, onde Marcelo, o protagonista, faz a sua "me culpa", pelo seu não engajamento na luta armada. A leitura foi dirigida por Luiz de Assis Monteiro, da Confraria da Paixão - Teatro e Cultura Popular. No elenco: Leandro Lago, Dulce Muniz, Katiuscia Pinheiro, Natalie Leduck, Egla Monteiro, Roberto Ascar e Marcus Barreto. A leitura contou também com a presença do diretor Oswaldo Mendes que ofereceu uma oportuna exposição sobre a montagem realizada em 1979. 








Nenhum comentário:

Postar um comentário